Apresentação e Brainstorming, Escreva no Papel e Mostre na Tela: Papershow

Papel e caneta se tornam um só com o monitor

Papershow é um kit inovativo para reuniões, sessões de brainstorming e apresentações multimídia idealizado e comercializado pela Oxford, que para o lançamento na Itália convidou alguns bloggers para uma demonstração em primeira mão na cidade de Milão em julho passado. Como não pude participar do evento, a Show Reel, que organizou a campanha viral para a Oxford, me disponibilizou gratuitamente um kit para testá-lo.

Como funciona o Papershow

A idéia é simples porém, de efeito: escrever sobre uma folha de papel com uma caneta e visualizar tudo em tempo real numa tela.

A essência do kit é composto de:

  • Uma caneta digital
  • Um pen drive USB
  • Um bloco de 48 folhas de papel interativo

A caneta é normal, escreve como outra qualquer, mas possui um sensor infravermelho e um rádio bluetooth. O sensor infravermelho evidencia o traço na folha transmitindo as informações à pen drive, que as envia à aplicação para reconstruir o traço sobre a tela.

Tudo isso é possível graças às folhas de papel interativas, dotadas de Dot Pattern invisível, que permite ao sistema individualizar a posição da caneta na folha e a direção do traço.

Como se instala

Na minha opinião, a simplicidade de uso constitui o ponto forte do kit: não é preciso instalar nada nem realizar configurações especiais. O programa está no pen drive USB e se inicia automaticamente quando é inserido no PC. A caneta se conecta automaticamente quando se tira a tampa. Depois, quando se tampa novamente a caneta e se tira o pen drive do computador o software desaparece sem deixar rastros.

Penso que tudo isso foi estudado para tornar o produto fácil e cômodo principalmente para executivos e profissionais não simpatizantes a novas tecnologias, e estes são muitíssimos.

Veja um vídeo demonstrativo no site oficial do Papershow.

Opções e funcionalidades avançadas

O menu de gestão do Papershow está no papel interativo, mais precisamente do lado direito. Basta apoiar a ponta da caneta sobre os ícones para:

  • mudar a cor e espessura do traço
  • mudar a cor da folha
  • gerir o número de folhas
  • apagar e anular sua última ação
  • fazer formas diversas e setas para gráficos

Todas as anotações podem ser exportadas e salvadas. Em particular, existe a possibilidade de importar as apresentações de Powerpoint e utilizar os slides como fundo para anotar observações mas, a impressão dos slides só pode ser feita com folhas específicas (fornecidas com o kit).

Impressões

O Papershow efetivamente funciona. Abri o kit e comecei a usá-lo em 2 minutos. Uma vez inserido o pen drive e retirada a tampa da caneta, iniciei a escrever no meu bloco visualizando no monitor tudo em tempo real.

A caneta pode encontrar qualquer dificuldade em realizar um traço em continuidade se ela estiver muito inclinada, mas basta mantê-la bem reta para resolver esse inconveniente.

O business do Papershow baseia-se, obviamente, no mercado de planilhas eletrônicas. O custo orientativo do kit na Europa gira em torno de 140 euros, e novas folhas podem ser compradas por 9 euros cada bloco de 48 folhas, ou 14 euros o de 200.

Comments

comments