Como Integrar SMS em Web Applications Graças ao SMS Gateway

Os SMS gateway são serviços que consentem utilizar os SMS como parâmetros de um módulo HTML

No RomeCamp2008 me ocupei do registro dos campers à rede wifi: na Itália uma lei sobre o acesso aos sistemas informáticos, de fato, requer a identificação pessoal de cada indivíduo que acessa uma rede pública. Durante uma conversa telefônica, Nicola Mattina me deu a idéia de vincular a verificação da inscrição online com mensagens SMS de confirmação, ligando assim a identidade do possuidor da SIM às contas geradas para o wifi.

Depois de uma breve pesquisa constatei que o uso de SMS em entrada e saída como dados I/O de uma web application não é só muito útil, mas também extremamente simples.

Os SMS como parâmetros de um módulo HTML

As plataformas hardware/software que oferecem este tipo de serviço se chamam SMS gateway. Existem diversos. Eles permitem administrar os SMS exatamente como parâmetros de um módulo HTML através do método GET.

As informações:

  • número remetente
  • texto

não são nada mais que parâmetros a serem valorizados on-the-fly através do código antes de enviá-los ao script apropriado que se ocupa da expedição, ou são parâmetros já valorizados pelo próprio SMS no caso de o nosso script tê-los recebido do externo.

Em poucas palavras:

para enviar um SMS via script devemos simular o click de um módulo web que envie os parâmetros [número-remetente] e [mensagem] com o método GET

receber e administrar um SMS equivale a desenvolver um script que recebe e administra os parâmetros [número-remetente] e [mensagem] de um módulo HTML que usa o método GET

Integrar o SMS gateway com o seu próprio script

Em geral, esses serviços oferecem um painel de controle online através do qual  é possível enviar SMS e administrar os recebidos, mas as potencialidades maiores se pode obter integrando o sistema com a sua própria aplicação.

Neste caso, a empresa que oferece o serviço de SMS gateway fornece, além das técnicas específicas precisas, a possibilidade de configurar os scripts de interface do nosso lado.

Devemos:

  • verificar nomes e tipologias dos parâmetros a serem valorizados por cada SMS
  • verificar nome e URI do scritpt para o qual enviar os dados para o envio do SMS
  • especificar nome e URI do script do nosso lado que está esperando receber o SMS para administrar os valores

Um exemplo prático

Eis o fluxo simplificado da aplicação para o registro à rede wifi do RomeCamp com autenticação via SMS:

flow

Gráfico criado com Lucidchart

Quem oferece o serviço no Brasil

Os serviços são pagos e, em geral, dependem do número de SMS pré-pagos. O envio está sempre incluído no preço, ao passo que pode acontecer que alguns administrem a recepção de SMS como serviço a ser adquirido à parte.

Para o RomeCamp2008 utilizei o SMS Hosting (italiano) e achei bom. Todos os eventos são perfeitamente rastreáveis e em 100 inscrições se perdeu somente 1 SMS (fora outros erros de natureza humana).

Possíveis aplicações

Ligar aplicações software aos SMS dos usuários permite novas possibilidades ainda totalmente inexploradas. Em particular, penso que esta possibilidade possa revelar-se muito útil para acabar com a burocracia e automatizar todos aqueles processos (onde for possível) que requerem uma identificação pessoal.

Até mesmo como antispam seria bom, onde obviamente o prejuízo de ter que enviar um SMS é compensado pelos requisitos de segurança de um esquema de autenticação parecido.

Outras aplicações possíveis?

Comments

comments