37 Conselhos Para Gerir o Seu Blog da Melhor Maneira

Eis algumas dicas úteis para administrar da melhor forma o seu blog.

moca-joia
Photo Credit: Julia Pivovarova

Não se trata de um verdadeiro tutorial, mas sim uma série de reflexões baseada em minha experiência que poderia ser muito útil a quem está tentando conduzir o seu blog ao sucesso.

1. Nenhum assunto é muito velho – talvez ele seja para você, mas quantos potenciais leitores não sabem o que você sabe?
2. Trate de “você” o seu leitor – assim você o envolve e captura a sua atenção.
3. Escreva de forma clara e simples – os artigos mais simples são os mais lidos.
4. Não gaste energia com quem copia conteúdo – eles também serão copiados mesmo.
5. Não modere os comentários – qualquer coisa retoque ou cancele-os depois de ter advertido publicamente o “super agradável” concluindo com a frase “e não venha com reclamações”.
6. Estruture bem os títulos – em poucas palavras, você tem que resumir o post. É difícil, mas tente.
7. Linke algumas palavras-chaves relevantes do post a materiais externos – fundametal para obter relevância aos olhos dos motores de busca.
8. Linke regularmente os seus posts antigos também – para maximizar a relevância do conteúdo interno.
9. Não escreva para chamar a atenção de quem você conhece, mas de quem você não conhece.
10. Não abuse dos sites de social news – quanto mais você os utiliza mais trabalho há para eles, não para si mesmo.
11. Os trolls são os cobradores de pedágio da estrada que leva ao sucesso – se você os encontrar significa que está na direção certa.
12. Não blogue por dinheiro – é como as mulheres (homens), quanto mais você as (os) procura mais elas (eles) “se fazem de difícil”.
13. Faça networking – participe de eventos e barcamps mas, evite atitudes forçadas só para entrar no grupo dos “blogstars”. Isso se nota imediatamente.
14. Compare os seus resultados com alguns poucos blogueiros em quem você pode confiar – as informações obtidas desta forma são sempre as mais valiosas
15. O ranking dos blogs não reflete o tráfego, mas a referencialidade.
16. A referencialidade não reflete a relevância ou a qualidade do blog, mas a habilidade de fazer networking.
17. Os blogueiros são animais sensíveis, egocêntricos e um pouco bobos – melhor ficar agradavelmente surpreendido do que tristemente decepcionado.
18. Não confunda conteúdo relevante com conteúdo original – um post pode ser relevante mesmo que fale de uma notícia já publicada, basta recolher e agregar um material interessante com um pensamento lógico.
19. Você é um blogueiro, e não um jornalista – você não tem que dizer a verdade, mas o seu ponto de vista.
20. Se uma blogueira gosta de mostrar uma imagem emancipada e desinibida de si mesma, não significa que nos barcamps ela dará bola a todos os participantes – se você vai lá pra isso deixa quieto.
21. Se você se apaixonou por um blogueiro (a) porque ele (a) tem uma foto ou um avatar maravilhoso pense intensamente: “Photoshop… photoshop… photoshop…” – só para evitar surpresas.
22. Se você começar a fazer tráfego avalie a possibilidade de adquirir um servidor dedicado – se você não acredita no seu trabalho por que os outros deveriam?
23. A Internet e a Web 2.0 são como o mundo real – só que é tudo mais rápido e imediato. Inclusive as falcatruas.
24. Quando não estiver afim de escrever… não escreva – o pior inimigo do seu blog é o seu estresse.
25. Responda aos comentários – não banque a estrela.
26. Mostre-se pelo que você é – não pelo que gostaria de ser.
27. Não tenha medo de citar e linkar as fontes – isso vai aumentar a sua popularidade.
28. Não fique com a idéia muito fixa em SEO – a otimização é como o fermento, e o conteúdo como a massa para a pizza. Se a massa for ruim, você pode colocar o quanto de fermento quiser que ela não crescerá.
29. Se você conhecer alguém que diz: “Me baniram do AdSense sem motivo”, saiba que 99,9% mentem quanto a isso – se é o seu caso, sem dúvida, você é aquele 0,1%.
30. O poder de um blog está no seu arquivo de posts – enquanto você não tiver uma bom arquivo (aproximadamente 100 posts), estará destinado a trabalhar por lazer (sem retorno financeiro).
31. Observe outros blogueiros e pegue idéias – a fórmula mágica foi rasgada em pedacinhos, e cada pedaço foi colocado em diversos bolsos separadamente.
32. Por trás de um blog que funciona tem sempre muito, muito, muito trabalho – quando você tiver a tentação de dizer que alguém faz sucesso escrevendo besteira, conte até dez e mande-lhe um e-mail dizendo “parabéns pelo trabalho que você fez”.
33. Não tenha medo falhar – você pode ficar embaraçado mas, se acontecer, explique aos seus leitores como e por que aconteceu. Você ganhará em simpatia e imagem.
34. De vez em quando dê uma pausa de alguns dias – serve para ver as coisas de longe e com maior objetividade. Blogar estressa e, às vezes, é preciso descansar.
35. Atualize os seus posts antigos – são sempre os mais lidos, então temos que considerá-los como a porta de entrada do edifício. De vez em quando deve ser reformado.
36. Agregue os feeds dos poucos blogs que você considera verdadeiramente relevantes – e coloque-os na página padrão do seu browser.
37. Agregue e consulte os feeds dos melhores blogs em inglês – você saberá de antemão o que os outros blogueiros escreverão nos dias seguintes.

Por que 37? Soava legal.

Comments

comments