Navegadores Alternativos: Conheça Mais o Maxthon, Flock e Netscape

Existem no mercado alguns browsers que podem não se igualar aos considerados grandes, mas que vem ganhando cada vez mais fãs e por conta disso tem sido mais desenvolvidos e vistos com bons olhos por alguns, os chamados navegadores menores ou de segunda classe.

Na verdade, os navegadores de segunda classe são apenas navegadores que não tem ainda o mesmo investimento de tempo e/ou financeiro dos grandes e por conta disso não são tão conhecidos, mas na sua maioria são bem interessantes e merecem uma olhada. Por isso, vamos falar de três deles agora!

Netscape

Netscape logo

O Netscape não é tão novo assim, mas na verdade é um dos navegadores que tinha tudo para ser grande, mas que acabou sendo abandonado no meio do caminho, não recebendo a atenção que merecia.

Ele foi construído baseado no código aberto do Firefox, mas com a diferença de usar o motor do Internet Explorer para melhorar a compatibilidade com as algumas páginas. O que realmente acontece.

A ideia aqui foi unir o que há de melhor nos dois navegadores mais populares da rede e criar um concorrente a altura. Infelizmente, isso não aconteceu, uma vez que o Netscape tem um dos maiores defeitos em matéria de navegabilidade: É muito, mas muito lento!

Tudo bem, a lentidão é de matar qualquer projeto, mas existem pontos positivos, até por isso estamos falando dele aqui!

Um dos pontos fortes do Netscape e que deve ser levado em consideração quando comparado com os demais é a sua segurança. Principalmente quando o assunto é Phishing.

Além disso, algumas das principais funções dos outros navegadores ditos “grandes” estão presentes. Tais como a navegação por abas, ferramentas anti-popups, leitor RSS, preenchedor automático de formulários e outras facilidades. E mais uma caixa de buscas integrada a barra de ferramentas que é personalizável e pode incluir de dicas de compras a previsão do tempo.

Se você ficou interessado, baixe agora a última versão do Netscape.

Flock

Flock logo

O Flock é outro navegador de código aberto baseado no código do Firefox, porém com o diferencial de interatividade com as principais redes sociais da web.

Podemos dizer que o Flock é o primeiro navegador adaptado aos sites e serviços da Web 2.0. E esse é o lema “Navegador Social”. E é com essa bandeira que o Flock chegou ao mercado.

A ideia é tornar mais fácil o acesso e a criação de conteúdo nas redes sociais. Na prática, o Flock é um Firefox equipado para atuar de forma direta com as redes.

A verdade é que com algum esforço e paciência você encontra complementos para o Firefox que o deixam com as mesmas funções do Flock.

Mas o problema é que isso tornará o seu Firefox muito mais pesado. Ao passo que o Flock já vem com tudo instalado e configurado para render o máximo com o mínimo de peso.

De qualquer forma, fica a dica e para quem quiser testar o Navegador Social, baixe e instale o Flock.

Maxthon

Maxthon logo

O Maxthon de fato não deixa nada a desejar em matéria de velocidade e navegabilidade com relação aos grandes do mercado.

Com a possibilidade de personalização de sua aparência e inclusão de complementos, ele promete entrar muito em breve na briga pela atenção dos usuários.

Promete, porque ainda está em seu início e faltam alguns recursos básicos que se não existem, ainda estão muito fracos com relação aos concorrentes.

Por outro lado, o Maxthon apresenta alguns recursos exclusivos que chamam atenção pela praticidade. Tais como:

Navegação por gestos

A navegação por gestos na verdade é o que o próprio nome diz, ou seja, funciona baseada nos seus gestos. Por exemplo: Se você segurar o botão direito do mouse e fizer um movimento da direita para a esquerda o navegador volta uma página. Se o movimento for da esquerda para a direita o navegador avança uma página e se o movimento for de cima para baixo a aba atual será fechada.

Pesquisa rápida

A pesquisa rápida é algo que também chama atenção no Maxthon. Pois para realizar uma pesquisa basta selecionar uma palavra e arrastá-la um pouco para qualquer lado. Esse simples gesto já é suficiente para fazer com que uma nova aba seja aberta trazendo o resultado da pesquisa feita no Google pela palavra selecionada.

Além disso, vale lembrar que o Maxthon é o mais jovem dos navegadores apresentados e que já conta com inovações tão interessantes. Vale ficar de olho!

Segundo o desenvolvedor, a versão final do Maxthon deverá sair por lá pelo início de 2010.

Para quem se interessou e quiser testar, baixe o Maxthon!

E para fechar uma notícia quente:

Marc Andreessen, co-fundador do Netscape parece querer entrar mais uma vez na briga dos navegadores.

Segundo notícia do site Terra, Andreessen está apoiando uma empresa iniciante chamada RockMelt, formada por alguns de seus parceiros mais próximos e que estão desenvolvendo um novo navegador. Isso segundo fontes próximas de Marc.

Segundo Andreessen a maioria dos navegadores não se manteve atualizados com a evolução da web:

Existem várias coisas que você faria de modo diferente se estivesse construindo um navegador do zero.

Agora é esperar para ver, mas tudo indica que vem coisa boa por aí!

Comments

comments