Como Funciona um Theme WordPress

wordpress

Muito gente usa, a maioria troca sempre, no mínimo uma vez por ano, mas são poucos os que se aventuram a tentar entender de fato como funciona um Theme WordPress.

E antes de mais nada, é isso mesmo: Theme. Não fique triste, é completamente aceitável que você diga tema ou até template. O caso aqui não é tratar do nome e sim do conteúdo (mas, saiba que o certo é theme mesmo).

Antes de mais nada, você precisa entender que o WordPress funciona baseado em PHP e utilizando um banco de dados. Ou seja, tudo o que você vê está rodando no seu servidor e não são scripts executados na tela do computador.

Isso quer dizer que tudo já chega pronto até a tela do computador do visitante. Diferente de outras linguagens, como JavaScript, por exemplo.

Isso é bom e ruim. Bom porque te dá a possibilidade de fazer várias coisas que o não JavaScript não possibilita, mas é ruim porque se você não tomar cuidado, seu blog pode demorar uma eternidade para carregar, fazendo com que o visitante vá embora antes mesmo de olhar para o seu theme.

Como um theme funciona

O theme funciona em WordPress de uma forma relativamente simples.

Como eu disse, tudo acontece no servidor antes de chegar a tela do computador do visitante. Isso quer dizer que, para que você possa ler um texto ou ir até a página inicial do blog, o WordPress precisa primeiro fazer seu trabalho entendendo o que você quer e te trazendo esse resultado.

Para conseguir trazer até você a página que você deseja visitar, o WordPress faz uma busca em todas as páginas existentes no seu theme e te mostra aquela correspondente. Se por acaso a página não for encontrada, ele busca e mostra uma página de erro (a famosa 404).

Páginas principais de um theme WordPress

Agora que você já tem uma ideia de como funciona o WordPress, vamos conhecer as páginas de um theme e saber exatamente para que serve cada uma delas.

Página inicial

A página inicial é na verdade a base de todo o seu theme, uma vez que ela é a sala de entrada do seu blog e o WordPress vai em primeiro lugar procurar por uma página home.php ou index.php para começar a rodar quando alguém digitar sua url no navegador.

Post único

A single.php é a responsável pela página individual do seu theme. Ou seja, toda vez que um visitante entra em um artigo seu onde pode ver os comentários, artigos relacionados, etc, ele está vendo a single.php ou post único.

Cabeçalho

A página header.php é a responsável pela parte superior do seu theme e que aparecerá de forma igual em todas as páginas do blog. O cabeçalho é uma das partes mais importantes, principalmente no que diz respeito a identidade visual do blog.

Barra lateral

A página sidebar.php é a página responsável pela sua coluna lateral e tudo mais que você apresenta nela. Tanto pode conter scripts que chamam as funções como atalhos para mostrar aquilo que você adiciona através dos widgets na página própria para isso.

Página estática

A página estática é sempre buscada pelo WordPress ao rodar. Primeiro a pagetemplate.php e em seguida (caso não encontre) a página page.php e que, caso também não seja encontrada, vai buscar a index.php.

Funcões

A página functions.php nos permite personalizar o theme através de divs e códigos que podem variar em tamanho e complexidade, dependendo do seu propósito e principalmente da experiência do seu editor.

Categorias

A página category.php é a parte “inteligente” do seu blog, pois apresenta resultados de acordo com a ID de uma categoria contida no link que a chama.

Arquivos

A página archive.php é responsável pela apresentação dos arquivos do blog de forma ordenada e cronológica. Funciona de forma parecida com a página de categorias, mas ao invés de nomes apresenta datas.

Tags

A página tag-slug.php também funciona nos mesmos moldes da página de categorias, mas ao invés de categorias, usa as tags que você define para cada artigo.

O autor

A página author.php é como o próprio nome já deixa bem claro, a página que responsável pelas informações do autor do blog.

Buscas

A página search.php é a responsável por apresentar os resultados das buscas no seu blog.

Você e deve configurá-la para que em seu resultado, caso o usuário não encontre o que procura, seja direcionado para outro lugar ou apresente um link para artigos que possam lhe interessar ou a primeira página do blog e até a página de contato para que o leitor te diga o que não encontrou.

Rodapé

A página footer.php é a responsável pelo rodapé do seu blog e quase tão importante quanto a página responsável pelo cabeçalho do blog.

Uma vez que nem todos os leitores que chegam rolam a página e chegam até o rodapé. Mas já que alguns chegam (que esse número seja sempre razoável) é bom cuidar bem do footer, ok?

Página de estilo

A página style.css é a responsável, como o próprio nome já diz, pelo estilo do blog. Em outras palavras, é ela quem dá a “cara do blog”.

Ou seja, é através dela que você faz alterações na forma como o theme será exibido.

Página de erro

A página 404.php é sem dúvida uma das mais importantes do seu blog, pois aparece mais que você imagina e sinceramente, não tem coisa pior que não encontrar um artigo e cair em uma página de erro padrão. Se você ainda não viu uma, vai ver! E depois me diz o quanto é ruim.

Bom, basicamente estão aí as principais páginas explicadas.

Claro que parar criar um Theme do zero, você vai precisar saber muito mais que isso. Mas agora, ao menos você já sabe para que serve as páginas que vê na edição do blog e pode tentar algumas coisas com um pouco mais de luz, não é mesmo?

Espero que possa ajudar a quem está aí perdido com relação a esse assunto e que ajude também a despertar sua curiosidade.

Quem sabe não nasce aí mais um(a) webmaster?

Faça bom uso!

Comments

comments